Moinho recebe Startup Day – evento nacional de inovação

Promovido pelo Sebrae Minas, em parceria com Moinho, o evento é gratuito e busca estimular o ecossistema de inovação local

 

No sábado, 27 de maio, o Moinho sediará o Startup Day 2023, evento que visa a estimular o ecossistema de inovação no país. A iniciativa acontecerá em todo território nacional para fomentar as redes de conexão e a troca de experiências entre startups, no Brasil inteiro. As inscrições gratuitas devem ser feitas no link.

 

Os participantes estarão imersos em uma maratona de aprendizado e prática no tema da inovação. Poderão participar startups, independentemente dos níveis de maturidade – curiosidade, ideação, operação ou tração. “A construção do evento é feita de forma colaborativa, privilegiando as demandas e as necessidades do ecossistema local. Serão palestras, momentos de pitch e muita interação e conteúdo para os empreendedores”, destaca a analista do Sebrae Minas, Daniela Ferreira.

 

Na programação, a palestra “Tendências do consumo híbrido”, ministrada por Guga Schifino antecede a apresentação da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, da Inovação e Competitividade (SEDIC)sobre o Projeto de Lei Municipal de Inovação, que pretende contribuir para o desenvolvimento de empresas de base tecnológica na cidade. Nesse projeto, o Moinho integra o Corredor Tecnológico de Juiz de Fora.

 

 

PROGRAMAÇÃO

 

8h30 Welcome Coffee

9h Boas-vindas, Sebrae MG

9h15 Pitch startups

10h Comportamento de Consumo no Mundo Híbrido, com Guga Schifino

11h Investimentos em startups, bate-papo com startups que receberam investimentos recentemente

11h30 Painel Zero 40 – iniciativas do ecossistema

12h Encerramento

 

Inscrições abertas para desafio de empreendedorismo em Juiz de Fora

Iniciativa do Sebrae Minas visa incentivar a criação de soluções inovadoras para transformar o mercado

 

Entre os dias 19 e 21 de maio, Juiz de Fora recebe a primeira edição do ideathon Fator S Challenge, maratona de empreendedorismo que irá estimular os participantes a criarem soluções direcionadas para um desafio proposto pela empresa Wabtec Corporation, líder global no segmento de equipamentos, locomotivas, sistemas, soluções digitais e serviços para o transporte ferroviário de carga e passageiros. A iniciativa é uma parceria entre o Sebrae Minas, a Wabtec e o polo de empreendedorismo, inovação e criatividade Moinho. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 10 de maio no site.

 

O programa tem como objetivo incentivar a criação de ideias de negócios de base tecnológica, digitais e escaláveis (que apresentam crescimento acelerado, sem precisar aumentar os custos na mesma proporção), mobilizando os interessados a buscarem soluções criativas e inovadoras para transformar o mercado. Serão três dias de imersão nas temáticas: liderança e empatia; criatividade e resolução de problemas; capacidade de execução; trabalho em equipe; mindset inovador; técnicas de apresentação e comunicação; habilidades empreendedoras; e ferramentas ágeis.

 

Segunda a analista do Sebrae Minas Daniela Ferreira, a ideia é que os participantes criem conexão com pessoas de diferentes perfis, a fim de impulsionar inovações tecnológicas para o problema proposto pela empresa âncora Wabtec Corporation. “O Fator S Challenge contribui para formar pessoas, fomentar o trabalho em equipe, introduzir novos conceitos e ferramentas e oferecer capacitação prática para a implementação de novas soluções no mercado”, explica.

 

O gerente de Inovação da Wabtec, Cleber Tavares, explica que Juiz de Fora é uma região muito importante para o transporte ferroviário, além de um polo de inovação e empreendedorismo. “O Challenge será uma oportunidade ímpar para discutir ideias e construir soluções para alavancar a indústria ferroviária nacional”, avalia.

 

O desafio Fator S Challenge ocorre na sede do Moinho, na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 900, bairro Francisco Bernardino. Ao final das atividades, os participantes vão apresentar um pitch para a banca de jurados, que vai escolher a melhor ideia.

 

Serviço

Fator S Challenge – Juiz de Fora

Inscrições até 10 de maio

Data: 19 a 21/05 de 2023

Local: Moinho (Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 900 – Francisco Bernardino)

Informações: (32) 3257-4702/4706

Inscrição: https://inovacaosebraeminas.com.br/eventos/fator-s-challenge/

 

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação

Luciana Grillo – (32) 99925-9134 |(32) 99107-0468

luciana.grillo@prefacio.com.br

CASE RELEITURAS – A cultura da Diversidade na experiência da Globo

FÓRUM ESG

INSTITUTO VIVART E LIBRAR APRESENTAM

 

Como abordar o tema Diversidade, atraindo públicos tão heterogêneos? Como criar empatia e senso de urgência aos que não acompanham a temática de forma assídua? Qual a melhor maneira de explicar uma história não contada, desconstruindo vários paradigmas? Como usar métodos ágeis para entregar valor a públicos tão diversos?

 

Focada nestes desafios, a Globo desenvolveu o Releituras, o maior projeto de Diversidade dos Estúdios Globo, para estimular, entre seu público interno, um novo olhar sobre as artes à luz da cultura afrodescendente, afro-brasileira, da cultura negra. Criar e desenvolver o Releituras exigiu um mix de duas metodologias ágeis recomendáveis em contextos complexos: o design thinking e o Scrum. Na execução, foram mais de 26 horas de evento com mesas redondas, rodas de conversa, performances e shows.

 

Quer saber como foi cocriar tudo isso e encontrar soluções inovadoras na maior empresa de comunicação da América Latina?

 

Dia 24 de maio, 19 horas

Auditório do Moinho

Entrada Gratuita

 

GLEIBER MORATO

Diretor de Execução na Produção – TV Globo

Acredito na transformação cultural, através do protagonismo das pessoas, na mudança continua dos processos. Gosto de questionar o status quo e tenho a certeza de que todo mundo é capaz de se transformar! Mineiro, bem-casado com a Lu, pai de duas meninas de olhos brilhantes: Lili e Vivi. Engenheiro que vem se especializando em desenvolvimento humano. Especialista em transformação cultural, através da filosofia Lean (Lean Thinking). Executivo com mais de 20 anos de experiência, Coach e Mentor apaixonado por metodologia, por gestão e pelo tema liderança. Pós-graduado em Psicologia Positiva, estudioso da Felicidade. Tenho como principais forças de caráter o Perdão, o Amor e a Justiça.

 

 

 

 

EVERTON SANTOS

AGILISTA – TV Gobo

Engenheiro de produção formado pela Universidade Federal Fluminense, mestrando em Engenharia Industrial na Puc- Rio, especialista em gestão e gerenciamento de projetos pela UFRJ, green belt formado pela Renner (Seta), Michelin (Setec) e R&L Associados e certificado Scrum Master pela Scrum Alliance. Palestrante convidado pela Universidade Federal Fluminense para falar de Agilidade em 2019, 2020, 2021 e 2022. Palestrante convidado a ministrar curso de Scrum na Universidade Federal do Rio de Janeiro e na FeMASS em 2021 e 2022. Possui publicações de artigos científicos com cases de empresas que passou na UFRJ, UNESP, ENFEPro e na revista indexada Conjectuas (qualis A2). Atualmente faz parte do Escritório de projetos da Globo com ênfase na construção de times de alta performance e autogerenciáveis promovendo colaboração para a redução de work in process. Também é Agile Coach na Hoffmann e Vertix Telecom.

 

O Fórum ESG

 

O Fórum ESG é uma iniciativa do Moinho que visa estimular o debate, a conexão, o compartilhamento de boas práticas ambientais, sociais e de governança entre as organizações da cidade e região. Ao longo de todo o ano, em encontros mensais, temas relacionados aos pilares do ESG serão apresentados por convidados das empresas parceiras: Ibiti Projeto, Instituto Vivart e Librar, Sebrae, Impacta, Cesama, Inter Construtora, ArcelorMittal e Unimed.

O Fórum ESG tem o apoio da Fiemg Regional Zona da Mata e da Prefeitura de Juiz de Fora.

 

 

Fonte: Diretoria de Comunicação – Instituto Vivart

 

 

Micro e pequenos empreendedores da Rede do Moinho realizam Feira de Negócios Locais Especial Dia das Mães, no próximo sábado.

Além das opções variadas de presentes, público ainda vai se divertir ao som de Rodrigo Zancanella e Will, dança de salão com a escola Borogodona e recreação infantil. A entrada é gratuita.

 

A colaboração e o trabalho coletivo marcam a realização da 8ª edição da Feirinha de Negócios Locais da Zona Norte que acontece neste sábado, 6 de maio, das 11h às 20h, no Moinho (Avenida Juscelino Kubistchek, 900). Quinze empreendedores participantes ativos da Jornada 2023 da Rede Empreendedora vão expor e comercializar seus produtos no evento que oferece opções variadas de presentes para o Dia das Mães, atrações culturais e recreação infantil e para pets.

 

Além das barraquinhas com produtos e serviços, a Feirinha terá atrações culturais: os cantores Rodrigo Zancanella e Will e a escola de dança de salão Borogodona estão na programação e prometem animar o público. Para as crianças, haverá recreação infantil com pula-pula e pinturinha no rosto. Pets também são bem-vindos. A entrada e toda a programação são gratuitas.

 

A empreendedora Camilla Bedeschi explica que o diferencial desta edição é que os próprios empreendedores da Rede do Moinho estão à frente da organização, desde a escolha da data, a definição e a seleção dos expositores, assim como a dinâmica de trabalho. “É um grupo de quinze pessoas que estão se reunindo de forma online e presencial para planejar e dividir as tarefas como chamada de outros expositores, música e divulgação, por exemplo”, explica. A feirinha é uma atividade que integra a programação da Rede para que os empreendedores coloquem em prática os conhecimentos teóricos adquiridos.

 

 

Find out more

 

A Rede Empreendedora

 

O Moinho e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) se uniram para ampliar a oferta de iniciativas para 100 gestores de micro e pequenos negócios. Os encontros coletivos – 10 ao todo – são mensais e o programa conta também com quatro sessões de consultoria individualizadas com profissional do Sebrae, a fim de colocar em prática o conhecimento adquirido nas palestras mensais com especialistas. Os temas foram escolhidos para atender as principais demandas dos micro e pequenos negócios em sua jornada de crescimento e desenvolvimento: finanças, marketing e vendas, acesso a crédito, relacionamento com o cliente, entre outros. As feirinhas também integram as atividades da Rede e são um importante momento de integração entre os empreendedores e validação do negócio com aplicação prática do aprendizado. Para fechar a programação do ano, os empreendedores vão participar de um pitch para apresentação do negócio a um grupo de experts que avaliará a performance de cada um, oferecendo feedbacks valiosos.

 

O MOINHO

 

O Moinho é um moderno minicentro urbano que abriga um polo de empreendedorismo, inovação e criatividade. Um ecossistema integrado – negócios, lazer, cultura, moradia – para proporcionar experiências únicas, inspirar, conectar e mobilizar empresas, pessoas e ideias para ações sustentáveis, criativas e transformadoras, agora e no futuro.

Moinho inicia o ciclo 2023 do Fórum ESG com palestra sobre Nova Genética Empresarial

Na quarta-feira, 26 de abril, às 19h, o Moinho recebe João Bernardo Valentim Casali para a palestra Nova Genética Empresarial. O evento marca a abertura das atividades do Fórum ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança) – Ciclo 2023 – cuja primeira edição está sendo oferecida em parceira com o Ibiti Projeto – trazendo para a cidade a agenda que mobiliza mercados, empresas, instituições e governos no mundo inteiro, na atualidade.

 

Qual o novo formato da empresa do século 21? Como usar os negócios como força de transformação econômica para o território, para as pessoas e para o mercado? Como criar mercados que geram impacto social e ambiental positivo? Como mensurar o impacto da empresa e estabelecer planos de evolução integrando as práticas ESG? Como transformar a governança das empresas focada no capitalismo para os acionistas para uma empresa que gera valor para todos os stakeholders da sua cadeia: consumidores, clientes, fornecedores, comunidade, trabalhadores, entre outros. Estas são algumas das perguntas que João Bernardo Valentim Casali vai responder, no dia 26.

 

“A base desse conteúdo é iniciar um trabalho de conscientização, compartilhando fatos, histórias e dados relevantes sobre crise climática, desigualdade, trazendo aí dois dos principais pilares dos nossos desafios socioambientais e econômicos. A partir daí, contar um pouco de como nossos negócios estão usando sua força para transformar esses mercados e solucionar alguns desses desafios”, explica João Bernardo ao acrescentar que também serão tratados temas como o Movimento B, oportunidades e soluções práticas para as questões abordadas.

 

 

Sobre o palestrante

João Bernardo Valentim Casali é empreendedor, ativista e consultor de impacto positivo para negócios, políticas públicas e territórios.  Tem Mestrado em Economia Regenerativa na Schumacher College no Reino Unido, é especialista em gestão ambiental pela COPPE-UFRJ empreendedorismo pela FGV, designer em sustentabilidade pelo GAIA Education e advogado pela PUC Rio. Foi pesquisador residente nas universidades Panthéon-Assas em Paris e Tor Vergata em Roma; educador do PNUD para Rio+20 e consultor do Núcleo de Meio Ambiente da Puc Rio.

Hoje lidera a Empresa B NATIVA na América Latina e é Co-fundador da Iönica. Atua como Conselheiro do Sistema B Internacional e Conselheiro Global da Well Being Economy Alliance. É ainda Membro da Catalyst 2030, da Rio de Impacto, do Viva Água, da Global Solutions Initiative, da Economia de Francisco, além de ser Fellow Alumni da Young Leaders of America Initiative.

 

 

O Fórum ESG

 

O Fórum ESG é uma iniciativa do Moinho que visa estimular o debate, a conexão, o compartilhamento de boas práticas ambientais, sociais e de governança entre as organizações da cidade e região. Ao longo de todo o ano, em encontros mensais, temas relacionados aos pilares do ESG serão apresentados por convidados das empresas parceiras: Ibiti Projeto, Instituto Vivart e Librar, Sebrae, Impacta, Cesama, Inter Construtora, ArcelorMittal e Unimed.

O Fórum ESG tem o apoio da Fiemg Regional Zona da Mata e da Prefeitura de Juiz de Fora.

 

 

 

Editora Paratexto e Moinho realizam programação para celebrar o “Dia Nacional do Livro Infantil”

Evento com programação gratuita acontece no próximo sábado (15), das 13h às 18h, no Moinho

 

A Editora Paratexto, em parceria com o Moinho, realiza, no próximo sábado (15), das 13h às 18h, um evento especial em comemoração ao “Dia Nacional do Livro Infantil”. A programação inclui oficinas de escrita e ilustração, contação de histórias, bate-papo e lançamento de livros de autores mirins, além de uma feira de livros. Toda a programação é gratuita e as crianças precisam estar acompanhadas dos pais ou responsáveis. O evento acontece no auditório do Moinho (Avenida Juscelino Kubitschek, 900, Francisco Bernardino).

 

Fernanda Vizian, editora e organizadora do evento, afirma que o objetivo do evento é ampliar o acesso da população juiz-forana aos autores, ilustradores, artistas e livreiroslocais. “Comemorar uma data como essa é, sobretudo, reforçar a importância da leitura desde a mais tenra idade, uma vez que o livro é um importante instrumento de cidadania. Por isso, pensamos em um cronograma de atividades gratuitas de fomento à escrita, leitura, arte e cultura”, disse.

 

Na programação estão incluídas as oficinas: “Criando meu livro”, voltada para crianças de 8 a 10 anos que, a partir de técnicas simples e lúdicas, as crianças irão escrever uma história e criar, de forma artesanal, seus próprios livros; e a oficina de ilustração com professores da escola Grimorium, voltada para 11 a 13 anos. Para participar, basta acessar oslinks(disponíveis abaixo) e se cadastrar. Haverá, também, contação de histórias com a autora de livros infantis Juliana
James. Encerrando a programação, quatro autores mirins farão o lançamento de seus livros!

Para outras informações, basta entrar em contato com a Editora Paratexto: 32 99938 3817.

 

Origem da data

A escolha da data é uma homenagem ao escritor brasileiro pré-modernista Monteiro Lobato.
Ele nasceu em 18 de abril de 1882, motivo pelo qual esse dia é comemorado o “Dia Nacional do Livro Infantil”.
Lobato, que dedicou grande parte de sua vida à literatura infanto-juvenil, é considerado o precursor da literatura infantil no Brasil e da literatura paradidática, a qual reúne brincadeira, leitura e aprendizado.
Dentre suas obras infantis, a mais destacada é o “Sítio do Pica-pau Amarelo”, uma coleção de aproximadamente 25 livros de histórias, escritas entre 1920 e 1947.

 

Programação

 

• Atividade: Oficina “Criando meu Livro”, com Fernanda Vizian
Público-alvo: crianças de 8 a 10 anos

Data: 15/04
Horário: 13h30 às 15
Local: salas 1 e 2 – 5º andar Moinho
Inscrições: https://forms.gle/peFLUnVeymCVPfNB7

 

• Atividade: Contação de Histórias, com Juliana James

Data: 15/04
Horário: 15h às 16h
Local: Auditório – 5º andar Moinho

 

• Atividade: Oficina de ilustração, com Grimorium Escola de Artes
Público-alvo: crianças de 11 a 13 anos

Data: 15/04
Horário: 16h às 17h
Local: sala 3 – 5º andar Moinho
Inscrições: https://forms.gle/eaQz9AbJdNAjbdV78

 

 

• Atividade: lançamento de livros autores mirins

Data: 15/04
Horário: 17h às 18h
Local: Auditório – 5º andar Moinho

Contatos para a imprensa:
Fernanda Lima (fernanda@editoraparatexto.com.br) – tel. (32) 99938 3817

 

Segunda edição do Moinho Talks aborda inovação e criatividade nos negócios

André Medina e Renato Menezes no auditório do Moinho, na terça-feira, 4 de abril

 

A segunda edição do Moinho Talks – atividade que integra o programa Liderança para Novos Tempos, promovido em parceria com o Sebrae – trouxe ao auditório do Moinho, o gestor de inovação da Andrade Gutierrez, André Medina e o CEO da Viva Eventos, Renato Menezes, para debaterem entre si e com os participantes os temas inovação e criatividade.

 

Tem diferença entre esses dois assuntos? Renato Menezes afirma que sim. “Ambos são muito importantes e muitas vezes confundidos. A criatividade está ligada ao processo de pensar, de procurar insights para conseguir juntar elementos diferentes e criar conceitos e modelos de negócios novos.  A inovação sugere ação, é uma nova ação, está relacionada diretamente com empreendedorismo. Inovação é, portanto, colocar a criatividade em prática para alcançar o resultado”, explica.

 

Cultura da inovação

Tanto Medina quanto Menezes concordam que o maior desafio das organizações é implementar esses conceitos na prática uma vez que isso requer uma nova mentalidade, um novo mindset tanto da liderança quanto dos colaboradores. “O pilar central, defendem, é a cultura voltada para a inovação. “É preciso estabelecer um conjunto de princípios e valores que, na prática, através de ações, atitudes e símbolos permita que as pessoas – com suas diferentes características, habilidades e competências – consigam trabalhar em conjunto para cocriar novos projetos”, destaca Renato Menezes.

 

Por isso, segundo ele, a inclusão da diversidade e o estímulo à criação de um ambiente que valorize a autonomia, a capacidade e a contribuição de cada um são condições essenciais para as organizações inovarem. “Na Viva, a gente diz que o estagiário tem o mesmo direito de opinar que o CEO. Na verdade, é a busca pelo que faz mais sentido. Essa cultura com liberdade para que as pessoas consigam contribuir com o que elas têm de melhor é fundamental para que as empresas consigam, realmente, inovar e com rapidez”, afirma Renato Menezes.

 

André Medina ratifica o discurso e diz que a cultura da inovação é a base do sucesso das empresas mais competitivas e que se diferenciam no mercado. “É preciso pensar formas diferentes de fazer, não se acomodando com o que a gente faz no dia a dia, melhorar sempre. Esse o objetivo que devemos buscar a fim de resolver problemas de forma mais criativa e inovadora para trazer melhores resultados”, acrescenta.

 

Engajar lideranças e colaboradores

Engajar colaboradores e lideranças na pauta da inovação e no exercício da criatividade não é tarefa fácil, mas é uma ação extremamente necessária. Medina sugere que as organizações comecem com as pessoas que estão mais abertas à implantação de processos de inovação para que elas possam atuar como multiplicadores, quebrando as barreiras com aqueles que são mais resistentes às mudanças. “Vai começando aos poucos. É um trabalho demorado, é um passo a passo, trabalho de formiguinha, mas no final é isso que vai garantir a sustentabilidade da empresa como negócio”.

 

No encontro, os palestrantes compartilharam ainda exemplos pessoais e a trajetória das organizações que representam para que se tornassem referências em modelos de negócios inovadores e sustentáveis, transformando insucessos, fracassos e crises em oportunidades de fazer diferente e com melhores resultados. “Não se desperdiça uma boa crise”. A frase do estadista inglês Winston Churchill apresentada por André Menezes, da Viva Eventos, resumiu a mensagem principal da segunda edição do Moinho Talks. O próximo encontro já tem data marcada. Será no dia 4 de maio, com o tema “Negócios para o Desenvolvimento Sustentável”.

 

Liderança para Novos Tempos

O programa Liderança para Novos Tempos é uma correalização entre o Moinho e o Sebrae para oferecer às empresas da cidade e região, a oportunidade de capacitar gestores, a liderança e a média gerência para que a organização esteja preparada para crescer buscando novos patamares de produtividade e competitividade.

 

Além dos encontros mensais do Moinho Talks, em formato de bate-papo com nomes relevantes da cidade e do país, as 12 empresas participantes têm acesso a oficinas de Design Sprint, Criatividade, Metodologias Ágeis, Comunicação, Propósito, Vendas, Gestão de Recursos, entre outros, totalizando 76 horas de aprendizado. São elas: Apogeu, Campo Bom, Guiando, Herculano, IEEP, InUp, Nvoip, Supermercado Pais & Filhos, Petisco Raiz de Minas, Re/Max Palace, Ultrimagem e Viva Eventos.

Evento celebra o Dia Internacional da Mulher com atividades gratuitas e diversificadas

Feira de mulheres empreendedoras, oficinas, palestra, atividade física, atendimento de saúde e oportunidades de trabalho marcam o evento com entrada gratuita, no sábado, dia 11 de março, no Moinho

 

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, o Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo Juiz de Fora, o Projeto Mulheres Empreendedoras Empoderadas e Empreendelas se uniram ao Moinho e a outras organizações da cidade para oferecer uma programação diversificada e especial para todas e todos, no sábado, 11 de março, das 9h30 às 14h, no Moinho, zona norte de Juiz de Fora.

 

“O objetivo é celebrar a data oferecendo um atendimento à mulher sobre seus direitos, cuidados com a saúde, treinamento e capacitação em empreendedorismo, como se comportar numa entrevista de emprego; vamos falar de marca pessoal e abrir espaço para que 20 mulheres empreendedoras desses coletivos possam comercializar seus produtos, na feira. A entrada é gratuita para todas as atividades” explica a coordenadora do evento, Paula Assumpção.

 

Ainda na programação, um aulão divertido de ginástica e até uma oficina de conserto de bike para a turma do pedal, mobilizada pela ONG Unicicli. Entre os serviços de saúde, vão estar: informações sobre rastreio de câncer de mama e de colo de útero, métodos anticonceptivos, saúde da criança e risco de acidentes domésticos.

 

Oportunidade de emprego

Para quem busca uma colocação no mercado formal de trabalho, haverá orientação para preenchimento de currículo e recebimento deste documento pelo supermercado Pais e Filhos e pela Cercred.

 

 

 

Programação – Sábado da Mulher

 

11 de março, das 9h30 às 14h – Moinho – Av. JK, 900 – Francisco Bernardino

9h30 – Boas-vindas

10h – Aulão de ginástica – Academia Move

10h – Início da Feira das Mulheres Empreendedoras, no estacionamento do Moinho – Recreação Infantil com pula-pula e algodão doce.

10h30 às 11h30 – Palestra – Autoestima da Mulher – Cristina Vasconcelos (Unicicli) – Auditório

11h às 12h – Oficina – Marca Pessoal – Autoestima, autocuidado, automaquiagem – Sala multiuso 1

11h30 – Oficina de Bike – oferecida por Conserta Bike – sala multiuso 1

13h às 14h – Painel Empreendedorismo Feminino – Áurea José, Raquel Souza, Carina Dantas, Cida Justiniano – Auditório

14h – Encerramento

Durante todo o evento: será feito o cadastramento de currículos para o Supermercado Pais e Filhos e a Cercred. Distribuição de folhetos sobre o combate à violência contra a mulher e atendimentos e orientações de saúde.

Moinho Talks conecta lideranças para gerar transformação

Na terça, 7 de março, o Moinho realizou o evento de abertura da série “Moinho Talks” que integra as atividades do programa Liderança para Novos Tempos, desenvolvido pelo Moinho em parceria com o Sebrae e que se destina a gestores e lideranças de 12 empresas de pequeno e médio porte da cidade, assinantes do programa. Para o lançamento, foram convidados Michele Janovik, CEO do hub de inovação Base27, de Vitória (ES) e Rodrigo Schittini, CEO e fundador da Guiando, de Juiz de Fora (MG) que compartilharam com os participantes o “Segredo da Nova Economia”, tema da apresentação de ambos.

 

“Estou muito feliz de estar aqui e conhecer o Moinho. É um ambiente super propício à criatividade que é o primeiro passo para a inovação; é como a gente consegue olhar e transformar a nossa sociedade. Podemos fazer muitas parcerias e conexões, compartilhar nossas experiências”, destaca Michele Janovik. “Tenho a sensação de que este programa será sensacional. Há muito tempo não via uma iniciativa como essa em Juiz de Fora, de trazer conhecimento para os times e empresas daqui. Nosso time vai participar e trazer esse conhecimento para o ambiente interno, se beneficiando dessa proposta inovadora”, argumenta Rodrigo Schittini.

 

 

A Guiando é uma empresa de tecnologia para automação de contas a pagar e de gestão de custos de telecomunicação para grandes corporações. No evento, Rodrigo Schitini falou sobre a trajetória da Guiando e destacou a necessidade de as organizações estarem conectadas com o mundo em constante transformação. “O mundo mudou. Para que a gente não perca o timing e não seja atropelado por outras iniciativas que chegam de fora e passam por cima da gente, temos que nos manter ligados”. Segundo ele, ter um programa como este em Juiz de Fora é um avanço significativo, pois nem sempre é possível proporcionar aos colaboradores experiências de aprendizado fora da cidade. “Poder trazer nosso time para participar é algo espetacular, principalmente pelo modelo que é uma construção de médio prazo, não é um evento pontual, envolve diferentes colaboradores em momentos distintos e com temas relevantes, ao longo do ano”, destaca Schittini.

 

 

Já Michele Janovik contou como o Base27 fez para se conectar com startups e buscar o engajamento de empresas muito tradicionais para pensar a inovação de forma colaborativa com experiência e aprendizagem. “A gente sabe que a inovação não acontece da noite para o dia, exige, muitas vezes, longo prazo, mas podemos ir acompanhando a evolução e os resultados e isso faz total sentido se queremos ter uma vida mais próspera, no futuro”, explica. Segundo ela, o programa do Moinho em parceria com o Sebrae, é certeiro ao envolver as lideranças. “O líder tem o papel fundamental de patrocinar a inovação dentro da organização. Se ele não se sente preparado ou se não consegue ter acesso às tendências e a tudo o que está acontecendo fica difícil entender o quanto a empresa pode ser impactada e ter uma dificuldade de compreender por que o próprio funcionário não consegue trazer novidades, inovações e transformações reais para dentro da empresa. Quando o líder se conecta com a inovação, ele consegue engajar as pessoas da organização para que elas sejam agentes de transformação”, acrescenta.

 

Diretora da Herculano, empresa que atua no segmento de transporte de produtos químicos, petroquímicos, carboquímicos, siderúrgicos e graneis, Laiz Cruz afirma que “a zona norte tem muito potencial. Nossa empresa é familiar, temos 45 anos, aqui no bairro Santa Cruz, e é muito importante participarmos deste programa para desenvolver as nossas pessoas, trazer mais conhecimento para dentro da empresa”.

 

Para Nicolas Giffoni, CEO do Instituto de Educação por Experiência e Prática (IEEP), dois motivos foram determinantes para a participação da empresa no programa, com expectativa de sucesso: “conteúdos de ponta e conexões com pessoas e empresas relevantes. Faltava isso em Juiz de Fora”, resumiu.

 

Liderança para Novos Tempos

O programa Liderança para Novos Tempos é uma correalização entre o Moinho e o Sebrae para oferecer às empresas da cidade e região, a oportunidade de capacitar gestores, a liderança e a média gerência para que a organização esteja preparada para crescer buscando novos patamares de produtividade e competitividade.

 

Além dos encontros mensais no Moinho Talks, em formato de bate-papo com nomes relevantes da cidade e do país, as 12 empresas participantes terão acesso a oficinas da equipe de liderança em temas como Design Sprint, Criatividade, Metodologias Ágeis, Comunicação, Propósito, Vendas, Gestão de Recursos, entre outros, totalizando 76 horas de aprendizado.

 

Moinho inicia a série Moinho Talks com o tema “O segredo da nova economia”

No período de março a dezembro de 2023, o Moinho realiza o Moinho Talks, programa em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para oferecer às empresas da cidade e região, a oportunidade de capacitar gestores e a média gerência para que a organização esteja preparada para crescer buscando novos patamares de produtividade e competitividade.“O programa foi estruturado com base nas necessidades reais das empresas, com conteúdo relevante para apoiar os líderes de sua organização a ampliar a visão dos negócios, dos processos e do mercado”, afirma o gestor de inovação do Moinho, Arthur Avelar.

 

No dia 7 de março, às 19h, no auditório do Moinho, os experts Rodrigo Schittini, fundador e CEO da Guiando – startup juizforana que conquistou o Great Place to Work (GPTW) 2023 e Michele Janovik, CEO do Base 27  – Hub de Inovação Corporativa (Vitória/ES), iniciam a série de eventos com o tema O segredo da nova economia. Entre os temas em destaque estão a metodologia de crescimento das maiores startups do planeta como Uber, Netflix e Airbnb e os mecanismos do Vale do Silício (EUA) para identificar um problema real de mercado, conquistar clientes e ter um negócio de sucesso. 

 

“Entendo que não podemos dizer ‘os segredos da nova economia’ pois, há tanta informação disponível dando conta das novas práticas, do novo modelo econômico e dos resultados que, de fato, não é um segredo. Porém, ainda não está propagado e enraizado no dia a dia das pessoas que se propõem a empreender. É isso que precisamos mudar. Lógico que alguns negócios são mais impactados e sofrem mais mudanças do que outros, podem se beneficiar ou se prejudicar mais ou menos, mas de alguma forma o empreendedor que estiver mais atualizado e com uma visão ampla sobre todas as mudanças que já ocorreram e as que ainda vão ocorrer terá isso como um diferencial para usar em seu negócio. E a cada dia, isso deixa de ser um diferencial e passa a ser caso de sobrevivência”, destaca Rodrigo. 

 

O programa

 

Arthur Avelar afirma que no contexto contemporâneo e diante da importância do papel que as organizações têm neste cenário, são cada vez mais necessárias lideranças com visão estratégica e conhecimentos relevantes para a transformação sustentável  das corporações e da sociedade.  Por isso, segundo ele, os temas foram selecionados para atender às reais demandas das empresas. “Com uma metodologia disruptiva e inovadora, o programa será desenvolvido através de três diretrizes centrais que perpassam a teoria, os cases de mercado e, posteriormente, a experimentação”, explica.

 

No total, serão 10 encontros, com 55 horas de capacitação, nos quais os participantes poderão acessar através de especialistas convidados, a cada mês, temas pertinentes da atualidade, abrindo espaço para a interação e a participação ativa com gestores de outras organizações. Durante os eventos, o modelo tradicional de palestras é desconstruído a partir de apresentações rápidas, seguidas de rodas de conversa, sessões de perguntas e muito networking. 

 

“Inserido na nova economia, pautar empreendedorismo e inovação, principalmente com a união do setor produtivo da cidade, é determinante para que possamos superar esse cenário atual da Zona da Mata mineira cujo Produto Interno Bruto (PIB) per capita menos cresceu no comparativo com as mesorregiões de Minas Gerais. O fortalecimento da cultura empreendedora, a geração de oportunidade de crescimento sustentável para as empresas dentre outras ações são possibilidades de inverter essa lógica”, conclui Arthur Avelar. 

 

Programação – MOINHO TALKS 

 

Março

O segredo da nova economia 

7 de março –  às 19h

 

Abril 

Criatividade para gerar inovação

4 de abril, às 19h

Vivemos tempos marcados pela velocidade e a transformação constante e para se manter no mercado é de suma importância entender os impactos da revolução digital nos negócios, as mudanças no comportamento do consumidor, além de buscar constantemente resultados sustentáveis. 

 

Maio 

Negócios para desenvolvimento sustentável

4 de maio, às 19h

Imagine se organizações começassem a criar modelos de negócios economicamente lucrativos e que, ao mesmo tempo, gerassem impacto positivo, social ou ambiental? Observando-se o cenário, é certo que há grandes oportunidades para a criação de soluções alternativas. De acordo com a J.P. Morgan, a indústria global de investimento de impacto social tem o potencial de movimentar US$ 1 trilhão até 2020

 

Junho 

O papel da liderança moderna 

6 de junho – às 19h

A liderança do futuro requer habilidades e conhecimentos que vão transformar como o seu negócio opera. Desenvolva os diferentes níveis de liderança de acordo com os desafios que cada um enfrenta para uma gestão contemporânea e inovadora. 

 

Julho 

Pessoas engajadas geram melhores resultados 

4 de julho – às 19h

Para enfrentar os desafios de um mercado absolutamente volátil, as organizações passaram a enxergar o capital humano como fator chave para o sucesso. Conhecer os colaboradores e suas tendências comportamentais permite direcionar esforços para motivação, engajamento, para um clima organizacional favorável e, consequentemente, para um ambiente de inovação. Portanto, entende-se que a gestão de pessoas é um diferencial competitivo num mundo em constante transformação.

 

Agosto 

Tempos ágeis, metodologias ágeis

1 de agosto – às 19h

Não é de hoje que falamos em como as empresas são complexas e em quanto é desafiador fornecer valor para o cliente, gerando lucro, engajando os funcionários e garantindo as entregas necessárias. Sabemos, também, que todo esse sistema funciona com engrenagens muito bem encaixadas e que, se alguma delas não estiver bem colocada, todo o negócio pode ser colocado em risco. O pensar ágil tem sido uma revolução em vários ambientes de negócio, e entender como as metodologias ágeis podem auxiliar a gestão de processos de negócio nas organizações facilitando as entregas com maior celeridade e engajamento dos colaboradores passou a ser questão de sobrevivência. 

 

Setembro 

Propósito das marcas e marketing de influência 

5 de setembro – às 19h

Marcas que não se posicionam ou não se preocupam com grandes causas perdem força e até mesmo credibilidade. Os consumidores procuram cada vez mais  por empresas que tenham valores alinhados aos seus. Ao mesmo passo que a pandemia acelerou o processo de digitalização de marcas e pessoas, evidenciando o papel do digital influencer como um grande veículo de massa. Mas até o papel do influenciador tem sido questionado e avaliado pelos consumidores que cobram por um conteúdo que dialoga com a realidade e que entrega verdade e utilidade no dia a dia.

 

Outubro 

Desenvolvimento de produto

3 de outubro – às 19h

Apresentação de forma prática as possibilidades de desenvolver um produto para validação sem necessidade deter conhecimentos técnicos e com custo muito baixo. A partir do produto ou MVP pronto, buscar investimento é muito mais fácil (ou menos complicado). Como e quando buscar investimento. Capital financeiro 

 

Novembro 

Vendas

7 de novembro – às 19h

A solução Gestão Estratégica de Vendas possibilita que a sua equipe entenda melhor os processos comerciais do seu negócio. Também ajuda na elaboração de um planejamento estratégico personalizado, funcional e eficaz. Quanto melhor a experiência de compra, maiores as chances de fidelização do cliente. A satisfação e o bom atendimento e relacionamento são os principais fatores que levam o cliente a retornar e indicar a sua empresa. 

 

Dezembro

Sucesso do cliente

5 de dezembro – às 19h

Aumentar a satisfação dos clientes é uma estratégia de sucesso para toda empresa. Por isso, é muito importante estar por dentro do que é o customer success, uma nova abordagem empresarial que coloca o consumidor no centro de tudo. Afinal, é para resolver os problemas dele que um empreendimento é montado. Compreenda o que é customer success e seus benefícios, assim como as métricas essenciais e o retorno sobre investimento.